What´s new, Lili? Dicas de viagens. Enjoy!











{outubro 15, 2009}   Cirque du Soleil – LA NOUBA

La-Nouba-Cirque-du-soleil-727661DSC03169O Cirque du Soleil é uma companhia circense com base em Montréal, no estado de Quebéc, no Canadá.  Com performances estonteantes, os shows não utilizam animais e recrutam artistas do mundo inteiro – mais de 40 nacionalidades.  Os números sofrem influência do teatro mambembe, da ópera, do balé e do rock.  Com uma estória central, há números de contorcionismo, malabarismo, equilibrismo, palhaços e trapezistas.  Os shows fazem uso de música ao vivo, e a língua falada durante o espetáculo é o “Cirquish”, um dialeto imaginário criado pela companhia.

A brasileira Deborah Colker está no momento, dirigindo o espetáculo: OVO.

La Nouba é um espetáculo do Cirque du Soleil, que está fixo em cartaz no teatro do Walt DisneyWorld, em Orlando, no Downtown disney – faz uma narrativa sobre os sonhos humanos.

The green bird

The green bird

Personagens do La Nouba:

  • The Green Bird é um passáro alegre que foge de sua gaiola. Ela tenta voar após ver tantos números aéreos, mas não consegue.
  • Les Cons são pessoas vestidas de branco, aparecendo como palhaços no show inteiro.
  • Le Titan é um misterioso personagem musculoso que confronta todo mundo no palco.
  • The Walker é uma pessoa que anda pelo palco do show imitando Carlitos.
  • The Pierrot Rouge é um acrobata vermelho. É um adversário mortal do Titan, mas se junta com ele no fim do show por admiração.
  • The Pierrot Clown and the Lost Ballerina são os Romeu e Julieta do espetáculo.
  • The Cleaning Woman é uma personagem-fantasma que não interage com o público até que o seu sonho se torne realidade.
  • The Clowns: Comic and Serguei – palhaços tradicionais – sobre esses eu terei de contar uma estorinha que me aconteceu – só podia ser comigo, mesma…
as chinesinhas

as chinesinhas

Além desses, havia, também um grupo de chinesinhas de mais ou menos uns 6 anos de idade, que faziam misérios no malabarismo.

Eu não sou muito chegada a circo, muito menos a palhaços – mas o Cirque du Soleil era outra estória.  Pois bem – estava eu muito serelepe logo no meio da platéia, numa fileira que não tinha ninguém sentado atrás e eis que… quando o show começou, apareceram os dois palhaços Comic e Sergei.  Eles eram mudos mas o gestual era o suficiente para arrancar gargalhadas do público.  E não é que eles cismaram logo comigo?

Começaram a colocar enormes cubos de isopor coloridos, no meu colo, até me cobrirem a cabeça.  Os holofotes do teatro centrados em mim… imaginem só…  Depois começaram a retirar os cubos, uma a um.  Quando foi a hora de pegar o último – um bloco verde bandeira, da cor de minha blusa – eu o agarrei e disse:  “It´s mine!” (É meu)

Um dos palhaços fez cara de triste e toda a platéia suspirou: “Ohhhh!!!”

Eu devolvi o cubo, dizendo: “OK”.  E toda a platéia, vendo a cara de alegre do palhaço:  “Ahhh!!!”

Depois ele cismou com alguma coisa que achou no meu cabelo, catou, catou, tirou e jogou na platéia – fez um barulhão.  E os holofotes em cima de mim…

Adorei a experiência de trabalhar no Cirque du Soleil – pena que não podia fotografar nem filmar, lá dentro.  Ia direto pro YouTube, lógico.  E eu ia guardar essa lembrança com muito carinho.



Ana Carla says:

Oi Lilia
Teu blog é demais… vou ler com calma depois!
Sempre que ouvir falar em circo vou lembrar do episodio dos palhaços….
rss
bjoss



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

et cetera
%d blogueiros gostam disto: