What´s new, Lili? Dicas de viagens. Enjoy!











{outubro 15, 2009}   Cirque du Soleil – LA NOUBA

La-Nouba-Cirque-du-soleil-727661DSC03169O Cirque du Soleil é uma companhia circense com base em Montréal, no estado de Quebéc, no Canadá.  Com performances estonteantes, os shows não utilizam animais e recrutam artistas do mundo inteiro – mais de 40 nacionalidades.  Os números sofrem influência do teatro mambembe, da ópera, do balé e do rock.  Com uma estória central, há números de contorcionismo, malabarismo, equilibrismo, palhaços e trapezistas.  Os shows fazem uso de música ao vivo, e a língua falada durante o espetáculo é o “Cirquish”, um dialeto imaginário criado pela companhia.

A brasileira Deborah Colker está no momento, dirigindo o espetáculo: OVO.

La Nouba é um espetáculo do Cirque du Soleil, que está fixo em cartaz no teatro do Walt DisneyWorld, em Orlando, no Downtown disney – faz uma narrativa sobre os sonhos humanos.

The green bird

The green bird

Personagens do La Nouba:

  • The Green Bird é um passáro alegre que foge de sua gaiola. Ela tenta voar após ver tantos números aéreos, mas não consegue.
  • Les Cons são pessoas vestidas de branco, aparecendo como palhaços no show inteiro.
  • Le Titan é um misterioso personagem musculoso que confronta todo mundo no palco.
  • The Walker é uma pessoa que anda pelo palco do show imitando Carlitos.
  • The Pierrot Rouge é um acrobata vermelho. É um adversário mortal do Titan, mas se junta com ele no fim do show por admiração.
  • The Pierrot Clown and the Lost Ballerina são os Romeu e Julieta do espetáculo.
  • The Cleaning Woman é uma personagem-fantasma que não interage com o público até que o seu sonho se torne realidade.
  • The Clowns: Comic and Serguei – palhaços tradicionais – sobre esses eu terei de contar uma estorinha que me aconteceu – só podia ser comigo, mesma…
as chinesinhas

as chinesinhas

Além desses, havia, também um grupo de chinesinhas de mais ou menos uns 6 anos de idade, que faziam misérios no malabarismo.

Eu não sou muito chegada a circo, muito menos a palhaços – mas o Cirque du Soleil era outra estória.  Pois bem – estava eu muito serelepe logo no meio da platéia, numa fileira que não tinha ninguém sentado atrás e eis que… quando o show começou, apareceram os dois palhaços Comic e Sergei.  Eles eram mudos mas o gestual era o suficiente para arrancar gargalhadas do público.  E não é que eles cismaram logo comigo?

Começaram a colocar enormes cubos de isopor coloridos, no meu colo, até me cobrirem a cabeça.  Os holofotes do teatro centrados em mim… imaginem só…  Depois começaram a retirar os cubos, uma a um.  Quando foi a hora de pegar o último – um bloco verde bandeira, da cor de minha blusa – eu o agarrei e disse:  “It´s mine!” (É meu)

Um dos palhaços fez cara de triste e toda a platéia suspirou: “Ohhhh!!!”

Eu devolvi o cubo, dizendo: “OK”.  E toda a platéia, vendo a cara de alegre do palhaço:  “Ahhh!!!”

Depois ele cismou com alguma coisa que achou no meu cabelo, catou, catou, tirou e jogou na platéia – fez um barulhão.  E os holofotes em cima de mim…

Adorei a experiência de trabalhar no Cirque du Soleil – pena que não podia fotografar nem filmar, lá dentro.  Ia direto pro YouTube, lógico.  E eu ia guardar essa lembrança com muito carinho.

Anúncios


{outubro 15, 2009}   Downtown Disney
T-Rex Cafe

T-Rex Cafe

Rainforest Cafe

Rainforest Cafe

O Downtown Disney é uma espécie de bairro da Disney, onde se concentram lojas variadas, restaurantes, boates, bareszinhos e, principalmente, onde se situa o Cirque du Soleil de Orlando (do qual falarei no próximo post).

De grandes restaurantes, há uma filial do Rainforest Cafe (que é falado no meu post sobre o Animal Kingdom) e da mesma rede, o T-Rex Cafe (todo ambientado no período Jurássico de nosso planeta).

A área divide-se em três diferentes setores: Marketplace, Pleasure Island e West Side onde está a mais nova atração Disney, o DisneyQuest, um complexo de cinco andares, repleto de brinquedos eletrônicos e realidade virtual.

família Lego

família Lego

cute, cute, cute

cute, cute, cute

Há a loja da Lego (impressionante o que se pode fazer com os bloquinhos), uma lojinha de doces do Pateta (Goofy), uma loja maravilhosa de enfeites de Natal, a maior loja de artigos da Disney (World of Disney) – sempre com pequenos animaizinhos próximos a nós, como os esquilinhos – cute, cute, cute…

 

 

  

Almoçamos no Captain Jack´s Restaurant – fica numa marina perto da lagoa do Downtown. 

É todo ambientado como um bar de navio, praiano e a comida é cajun (comida apimentada, com influência francesa e caribenha – típica dos Cajun). 

Cajun shrimp and chicken étouffée with rice Pilaf (camarões e frango em molho apimentado com arroz maluco)

Cajun shrimp and chicken étouffée with rice Pilaf (camarões e frango em molho apimentado com arroz maluco)

Jumbo lump crab cakes with cajun green asparagus and roasted garlic butter red skin potatoes (carne de caranguejo com aspargos e batata assada ao molho apimentado)

Jumbo lump crab cakes with cajun green asparagus and roasted garlic butter red skin potatoes (carne de caranguejo com aspargos e batata assada ao molho apimentado)

Lá, comemos, Cajun shrimp and chicken étouffée with rice Pilaf (camarões e frango em molho apimentado com arroz maluco) e Jumbo lump crab cakes with cajun green asparagus and roasted garlic butter red skin potatoes (carne de caranguejo com aspargos e batata assada ao molho apimentado).  Para sobremesa, Key lime pie with raspberry sauce (torta de limão com calda de amora).  Esse almoço, sem o Disney Ding Plan, sairia por volta de U$ 49,00, sem a tip e o vinho.

Os Cajun (pronúncia: quéidjã – corruptela do francês acadien) são descendentes dos Acadianos – grupo étnico que foi expulso do Canadá e que se fixou na Louisiania, especialmente, Nova Orleans, no sul dos EUA.  Esta população tem uma cultura própria, em especial uma variedade de música popular e de culinária.  Uma vaga de perseguição religiosa levou à deportação desses Acadianos, entre 1755 e 1763, para diversos portos do Império Britânico na América do Norte (entre eles – Louisiania) , para prisões inglesas ou para a França.

Planet Hollywood

Planet Hollywood

Bongos Cuban Cafe da Gloria Estefan)

Bongos Cuban Cafe da Gloria Estefan)

Seguindo o Downtown – chegamos na Pleasure Island, onde está o Planet Hollywood e outras casas de shows (House of Blues – onde achamos os incensos mais perfumados que já compramos), bares (inclusive o Bongos Cuban Cafe da Gloria Estefan) e boates. 

DSC03131

museu da Princesa Diana

museu da Princesa Diana

Há um local onde se pode pegar carona num balão e sobrevoar a Disney (não é tão caro – U$35,00 por 30 minutos, por pessoa). 

Disney Quest - complexo de 5 andares de video-games

Disney Quest - complexo de 5 andares de video-games

Tem um complexo de 24 salas de cinema, um absurdo museu em homenagem à Princesa Diana e um complexo de 5 andares de vídeo-games – O Disney Quest. 

objetos de design by Romero Brito

objetos de design by Romero Brito

Também, na Pleasure Island, encontramos uma lojinha indescritível, só com peças de arte e design dos anos 80 – onde compramos nosso primeiro Romero Brito.

mapa do Downtown Disney

mapa do Downtown Disney



castelo de areia na piscina do Disney´s Old Key West

castelo de areia na piscina do Disney´s Old Key West

Realmente, essa idéia de tomar nosso café-da-manhã, com os table services do Dining Plan, nos outros resorts – foi a melhor que tivemos.  Além de conhecermos outros temas, os pratos eram diferentes – não aguento mais comer ovos com bacon.

O Disney´s Old Key West é ambientado no estilo praiano de Miami – até a piscina tem castelos de areia e brinquedos de praia gigantes.
Vai uma french toast aí???

Vai uma french toast aí???

No Olivia´s Cafe – conhecemos mais uma estória interessante das pessoas idosas que trabalham como garçons aqui no complexo Disney – são senhores e senhoras já aposentados e que aproveitam para ganhar dinheiro, se divertindo com novos amigos de outros países.

Para se chegar ao Old key West Resort – toma-se um ônibus do transporte Disney para qualquer dum dos parques – de lá, toma-se o ônibus do transporte Disney para o resort.  Depois de tomar seu breakfast – é só pegar o transporte normal para seu parque preferido.



DSC02565Tomamos mais um café da manhã nesse resort – Disney´s Wilderness Lodge – no Whispering Canyon Cafe, que é ambientado no oeste americano, até com “geiser” próprio. 

o café-da-manhã do cowboy

o café-da-manhã do cowboy

No Whispering Canyon Cafe, o breakfast é servido como se fosse para os velhos cowboys, em pratos de latão, canecas e talheres bem rústicos.  É muito farto e tem quem coma 3 ou 4 vezes.  Essé, ao lado, é o Canyon Skillet – all you care  to enjoy! (coma o quanto puder) – scrambled eggs, roasted potatoes, bacon, waffle, sausages e biscoitos.  Eu comi uma French Toast with cinnamon and sugar (açúcar e canela).

 

 

com nosso garçon - Rafael

com nosso garçon - Rafael

Foi lá que conhecemos o Rafael – nosso garçon – doido de pedra…

No lobby do resort, o geiser é preparado para entrar em ação e as pessoas podem ficar assistindo, sentadas em cadeiras de balanço, como se estivessem nas varandas de seus ranchos do Velho Oeste.

Para se chegar ao Wilderness Lodge Resort – toma-se um ônibus do transporte Disney para qualquer dum dos parques – de lá, toma-se o ônibus do transporte Disney para o resort.  Depois de tomar seu breakfast – é só pegar o transporte normal para seu parque preferido.  Sugiro seguir para o Magic Kingdom – para tanto, podemos ir de barco – é muito mais legal.

Link para o video da vista panorâmica do Wilderness Lodge.             

         

 Link para o vídeo do geiser do Disney´s Wlderness Lodge.

 



piscina do Disney´s Polynesian Resort

piscina do Disney´s Polynesian Resort

Esse foi o nosso primeiro café-da-manhã num resort diferente do nosso, na Disney – e o mais farto de todos. 

O Disney´s Polynesian Resort é uma graça – todo em estilo da Polinésia Francesa – tudo temático.  A piscina tem riachos, com marrecos nadando, cachoeiras e até um vulcão prestes a entrar em erupção, com rios de lava fervente – tudo em meio a uma vegetação luxuriante.

Big Kahuna

Big Kahuna

O Kona Cafe do Polynesian Resort serve o típico breakfast norte-americano – bem farto – só precisamos gastar 1 table service para 2 pessoas.  Escolha o Big Kahuna, que você não se arrependerá (french toast + panquecas com calda de abacaxi e manteiga de macadâmia + ovos mechidos + batatas fritas + bacon).  French toasts, para quem não sabe, se assemelham às nossas rabanadas de Natal, com açúcar e canela, porém, mais grossas, menos gostosas e mais gordurosas.

Press your own penny

Press your own penny

Na lojinha de conveniência do Polynesian Resort encontramos uma maquininha de cunhar moedas (press your own penny) que, depois, encontramos em todos os parques e todos os resorts, cada uma ambientada em seu tema – colocam-se 2 moedas de 25 cents + 1 de 1 cent na máquina – ela rodas as engrenagens e sai uma moeda meio oval, com a imagem do parque gravada – legalzinho – tem até quem colecione e troque as várias moedinhas.

Para se chegar ao Polynesian Resort – toma-se um ônibus do transporte Disney para o Epcot Center – de lá, toma-se o monorail para o resort.  Depois de tomar seu breakfast – é só pegar o transporte normal para seu parque preferido.

Link do vídeo da piscina/cachoeira/riacho do Disney´s Polynesian Resort – as águas saem da piscina, são tratadas, alimentam os riachos e cachoeiras, são tratadas, novamente, e deságuam nas piscinas – isso é consciência de meio-ambiente.



Disney´s Contemporary Resort

Disney´s Contemporary Resort

Tomamos outro café da manhã no Disney´s Contemporary Resort.  O mais antigo dos resorts do complexo Disney – talvez, por isso, tenha sido um pouco decepcionante – depois dos outros resorts que visitamos para tomar café-da-manhã, como você podem ver nos outros posts que se seguem – o Contemporary nos soou um tanto anos 80 demais – caííííído!!!

comprovante de reserva para o Breakfast no Contemporary Resort

comprovante de reserva para o Breakfast no Contemporary Resort

Ainda mais, porque gastamos 2 table services do Dining Plan – e não foi lá essas coisas.

Para tomar nosso café-da-manhã no Disney Contemporary resort – no restaurante The Wave, fomos de barco, mas poderíamos ter ido de monorail, que passa por dentro do prédio – como se pode ver no vídeo abaixo.

Link para o vídeo da nossa chegada no Disney´s Contemporary Resort, de barco.



O Disney´s Caribbean Beach Resort, como o título diz, ambientado no Caribe, tem 5 ilhas: Aruba, Trinidad, Jamaica, Barbados e Martinica.  Nós ficamos no Aruba.  Tudo é tematizado – as latas de lixo, inclusive.

mapa do Disney´s Caribbean Beach Resort

mapa do Disney´s Caribbean Beach Resort

DSC02632Cada ilha tem sua piscina e sua praia particular.  As ilhas são servidas pelo transporte do ônibus da Disney entre os parques. 

 
 
 

 

 

Um dia, ao sairmos de Aruba, para os parques, eu perdi o meu chapeuzinho de sol – não é que, na volta, encontrei o próprio, guardadinho, em cima de máquina de vender jornais, no ponto de ônibus, onde havíamos estado de manhã?  – Só nos EUA.

 

Old Port Royale - Caribbean Beach Resort

Old Port Royale - Caribbean Beach Resort

O resort tem, também, uma ilha central, comum a todos, a Old Port Royale, onde ficam o restaurante, o bar, as grandes piscinas, a lojinha de conveniência e de souvenirs, e as lanchonetes.  Para ir até lá, de nossa ilha, havia uma ponte que passava pelo meio da grande lagoa. 

flamingos entre nós - sabem o porque da cor de rosa?  é porque eles comem muitos camarões

flamingos entre nós - sabem o porque da cor de rosa? é porque eles comem muitos camarões

Os flamingos passeam despreocupados entre os hóspedes.

Os quartos têm tv a cabo (com mais de mil canais por assinatura, inclusive 1 só sobre os parques da Disney), cafeteira, frigobar, tábua de passar roupa e internet (falávamos com nossa família no Brasil, todos os dias, via Skype).  Os shampoos e sabonetes do room-service da Disney são maravilhosos – trouxe um monte.

Cada ilha tem uma lavanderia onde os hóspedes podem lavar e secar as roupas por U$5,00 por vez.  Mais um motivo para trazer pouca roupa na bagagem e deixar mais lugar para as compras.

Tres Leches e torta de limão - sobremesas do Shutters

Tres Leches e torta de limão - sobremesas do Shutters

 

No Old Port Royale, o restaurante Shutters oferece uma comida caribenha de qualidade e preocupação visual – recomendo as Caribbean Pork Ribs – costeletas de porco glaceadas de baunilha, à moda Outback, com batata assada; ou o Tamarind-Glazed Roasted Chicken – frango assado ao molho de tamarindo, com purê de batata doce e cogumelos. 

De sobremesa, Key Lime Tart – torta de limão, ou Tres Leches – um delicioso doce de leite de côco com chantilly e caramelo.

Voltando ao assunto do Disney Dining Plan – se fossemos pagar esse jantar, por nossa conta, sairia por volta de U$ 60,00, com refrigerante refill, sem o vinho e sem a tip (gorjeta) – 2 table services.  A “tip” é necessária e esperada – os garçons não recebem salário – só as tips, que, dependendo da qualidade do serviço, começam em 18% da conta final da refeição.

DSC09988O café da manhã do Old Port Royale é nas lanchonetes “Grab and Go” – pegue e pague.  Tipicamente norte-americano, esse breakfast não foge à fórmula: waffle + ovos mechidos + bacon + batatas fritas.  Até o waffle tem o formato da cabeça do Mickey – lá cada breakfast equivale a um quick-service.

Todas as vezes em que voltávamos de algum parque da Disney, ouvíamos, sempre, a mesma mensagem, falada pelo motorista do ônibus do transporte Disney:

” Ladies and gentlemen, boys and girls.  This is Aruba in the Caribbean Beach Resort.  Please collect your belongings.  Remain seated till the bus stops.  Don´t forget to take your children by the hand.  And Welcome home!” (Damas e cavalheiros, meninos e meninas.  Aqui é Aruba, no Resort Caribbean Beach.  Favor recolher seus pertences.  Fiquem sentados até que o ônibus pare.  Segurem as mãos das crianças.  E sejam bem-vindos!)

Link para o vídeo da piscina infantil do Disney´s Caribbean Beach Resort.



et cetera
%d blogueiros gostam disto: